Actualização pós verão

Após as férias de Verão aqui ficam as últimas novidades do que se tem passado no Projeto Titã. As coisas podem parecer “mornas” mas não estão. O reequipamento tem continuado, ações para arranjar fundos têm acontecido e, ainda mais surpreendentemente, os donativos continuam! Algo que deveras tem impressionado, não só pelos seus valores, que não têm sido baixos e alguns têm 3 algarismos, mas também pela frequência, isto apesar de não haver de momento uma grande campanha para pedir mais donativos. Uma excelente indicação de que este projeto de reequipamento é importante para a comunidade de escaladores. O nosso sincero obrigado.

Com isto podemos já dizer-vos que o total angariado desde o início do Projeto Titã já ultrapassa os 10.000€! Na realidade o total angariado é de momento 11.175,43€. Calma que não temos isto em caixa de momento, a maior parte já foi usado para comprar material para os reequipamento.

Quanto às novidades elas são:

– Recolha de donativos

  • No dia 21 e 22 de Maio foi organizado o Encontro de Escaladores na Serra da Arrábida em colaboração com o Clube de Montanhismo da Arrábida e o Vertical Wall que contou com a participação de 75 escaladores. Ainda estamos à espera das contas finais para sabermos quanto conseguimos angariar.
  • No dia 3 de Junho em colaboração com o Vertigo foi organizado o QUIZ TITÃ. Nesta actividade conseguimos angariar 141€.
  • Do Vertical Wall temos recebido também donativos que as pessoas fazem numa caixa colocada no local, juntamente com a venda de T-shirts da Escalada Desportiva e a venda de Biataki’s. No início de Junho recebemos 410€ – andam todos uns “mãos-largas”!

– Reequipamentos

  • No Meio-Mango foram reequipadas mais duas vias pelo Filipe Costa e Silva e Mário Inocêncio: a “Geração 70” e a “Bongo: o fumo rei da selva”. Esta última tem uma parte comum com duas vias “A 2ª cruzada” e a “O rei da selva”, que ficam assim também seguras para escalar, visto que o material que não é comum é bastante recente, ou seja, 4 coelhos com 2 cajadadas.
  • No Fojo-dos-morcegos o Zé Luís, acompanhado pelo Rui Rosado, continuam o trabalho de reequipamento. Algo nada fácil considerando a complexidade do terreno onde as diferentes vias se encontram.
  • No Cabo-da-Roca o Luís Fernandes tem continuado o também difícil reequipamento dos vários sectores.

Para saberem que vias estão reequipadas, podem sempre consultar a base de dados aqui. Esta lista encontra-se ainda incompleta já que para muitas vias não temos informação sobre o tipo, número ou estado das proteções. Assim, quem tiver informação mais atualizada, por favor envie-nos para o e-mail: projetotita@gmail.com.

Como última novidade de interesse, o projeto titã foi contacto pela UIAA Safety Commission a pedir informações sobre o que se tem passado em Portugal. A UIAA está de momento a rever o Anchor Standard onde pretendem classificar o material de acordo com a resistência a diversos tipos de corrosão e também classificar os locais consoante são mais ou menos propícios a diversos tipos de corrosão. Temos trocado algumas informações com eles e aprendido um pouco mais sobre os tipos diferentes de material disponível e dos diversos tipos de corrosão.

Umas das coisas que temos estado a fazer é inventariar e caracterizar o material que tem partido com cargas pequenas. Esta informação foi recolhida numa tabela que poderão encontrar neste link. Muito deste material foi enviado para laboratórios na República Checa onde será analisado e onde se tentará perceber mais em pormenor sobre que tipo de corrosão foram afetados. Assim que recebermos os resultados, estes serão partilhados.

De resto continuamos a precisar de pessoas para ajudar com o projeto. Não só pessoas para reequipar, mas principalmente nesta altura, pessoas com iniciativa e ideias para conseguirmos arranjar fundos adicionais. Por isso entrem em contacto connosco caso sejam ricos e não saibam muito bem onde aplicar o vosso dinheiro ou se tiverem ideias para conseguirmos mais fundos. E se quiserem ajudar nas nossas muitas tarefas, também agradecemos!

Leave a Reply